Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Bom, o Mau e a Vilã

Sem censura, politicamente correcto ou interesses instalados

O Bom, o Mau e a Vilã

Sem censura, politicamente correcto ou interesses instalados

09
Ago18

Óscares - Modernizar mas a que Preço?

A Vilã

Screenshot_2018-08-09 The Academy on Twitter.jpg.p

  

Foi ontem, via Twitter, que a Academia anunciou que os Óscares vão trazer novidades. Há muito que a cerimónia vai perdendo popularidade, o que se reflecte nas audiências, cada vez menores. É por isso normal que se tomem medidas no sentido da modernização e na tentativa de captar mais público. Até aqui nada contra. Mas será este o caminho certo?

   Vejamos o que vai mudar:

 

a data da cerimónia será antecipada para o início de Fevereiro - é uma medida que me parece lógica, e vai no sentido de evitar a overdose de cerimónias de entregas de prémios que ocorrem antes dos Óscares, e que acabam por tornar tudo mais previsível; a consequência menos boa é que vamos ter mais filmes candidatos que ainda não tiveram a sua estreia em Portugal.

 

a duração da cerimónia será de três horas - é uma medida que me parece compreensível e até aceitável para que se torne mais acessível aos espectadores noutras partes do globo (falo por mim que gosto de assistir em directo e, nem sempre é possível uma maratona até às 5 da manhã); o lado negativo é que algumas entregas de prémios não serão transmitidas em directo (ainda não sabemos quais) mas, pelo menos, serão editadas e exibidas ainda durante a cerimónia

 

vai ser introduzida uma nova categoria que, apesar de não estar completamente definida, deverá premiar o "Filme Mais Popular" - esta é a medida mais controversa e parece-me uma tentativa de trazer para os Óscares os filmes que levam mais público ao cinema e, dessa maneira, levar esse público a querer assistir à cerimónia. Ainda não sabemos quais os critérios que vão ser utilizados na escolha (resultados de bilheteira / nº de espectadores/ votação do público) e por isso talvez seja um pouco cedo para esta discussão mas à partida, existem algumas questões que me parecem pertinentes. Por exemplo, quer isto dizer que um filme, por ser popular, não pode ser eleito como "Melhor Filme"? Então e o "Titanic"? E tantos outros que agora não vale a pena referir.

 

    Com esta categoria, a Academia parece querer dizer que, se um filme é popular, então isso significa que não tem qualidade para ser considerado para "Melhor Fime". Nada mais errado e preconceituoso. Se a Academia quer premiar filmes da Marvel (como parece ser o caso), então assuma que alguns possam ter qualidade para ser premiados e não opte por criar uma categoria que parece ser um prémio de consolação. Se esta medida pretendia acabar com as críticas sobre o elitismo e o preconceito, então temo dizer que o efeito é exactamente o oposto.

   O caminho é deixar o politicamente correcto e premiar os filmes, os actores, os realizadores e todas as outras categorias pelo seu mérito. Ser popular não é sinónimo de ser bom nem ser mau, o que torna o prémio irrelevante. Por agora é esta a minha opinião, mas ficarei atenta a novos detalhes.

 

           O BOM - a tentativa de modernização por parte da Academia

        O MAU - o anúncio de uma nova categoria ainda mal definida e, ao que parece, pouco meritória

           VEREDITO -  aguardo novidades

  

 

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

A Ler

Comentários recentes

  • HD

  • A Vilã

    Também achei!

  • HD

    Muito engraçado e bem conseguido :-)

  • A Vilã

    É verdade, fica aquela sensação de que quem vê não...

  • Triptofano!

    É realmente das piores coisas que pode acontecer, ...

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D